A Volta da Emoção – Tendências de Design 2020
maximalismo

A Volta da Emoção – Tendências de Design 2020

Agosto está aí e você provavelmente já acompanhou algumas novas tendências de design para o ano nas redes sociais, revistas de decoração e Pinterest. Há algumas semanas atrás fizemos um post que falou exatamente sobre uma forte tendência de design que possivelmente veio pra ficar – o design biofílico. Se você é como nós, você provavelmente também arquivou algumas dessas idéias nas suas pastinhas do Pinterest ou do Evernote!

Com tantas fontes de inspiração e tantas referências disponíveis online pode parecer complicado destrinchar tudo o que vemos em algo que faça sentido num projeto para o seu próprio espaço. Pra te dar aquela mãozinha, selecionamos as nossas tendências favoritas de design de interiores para 2020 na listinha abaixo!

Cores Ousadas

Não sabemos vocês mas 2020 está gritando por alegria e esperança. Assim, nossa preferência pra este ano são detalhes em cores de tons mais profundos, como verdes e azuis fortes, combinados com tons amadeirados e fazendo sobreposições com texturas e outras cores de destaque, dando uma vibe mais moderna à decoração.

Tons que remetam à natureza são sua melhor aposta para paredes de destaque. Ao escolher a cor, opte por tons mais fechados e menos brilhantes, como o pistache o neo mint. Cor é atitude expressão de emoção – não tenha medo de colocar pra fora o que te toca e motiva!

cores ousadas tendência 2020

Formas Orgânicas e Materiais Naturais

Móveis esculturais vão ser cada vez mais em evidência. Peças com formas orgânicas e muita textura são perfeitas para elevar qualquer ambiente. Neste período em que se tornou cada vez mais difícil ocupar os espaços naturais fora de casa em virtude da pandemia, trazer a natureza para nossos ambientes seja com plantas, seja com móveis e objetos feitos com matéria prima natural é o conforto que todos precisamos.

Segundo a designer de interiores Deirdre Doherty:

“A maior tendência que vejo é o ressurgimento da decoração personalizada e sustentável, como arte e cerâmica, além de móveis e iluminação vintage. (…) As lojas de varejo estão abraçando os fabricantes e têm até curadoria de seções especiais em suas lojas on-line que oferecem essas criações artesanais.”

Cadeira Escultural

Peças Vintage e Sustentabilidade

Peças vintage reaproveitadas têm sido cada vez mais utilizadas em projetos de design de interiores e dois fatores são igualmente importantes para isto – a questão da sustentabilidade, que tem sido cada vez mais discutida e aceita; e a questão da personalização. Reutilizar móveis antigos com tecidos e detalhes incomuns nos dias de hoje imprime a estas peças emoções que um móvel sem história não comunica, oferecendo um contraste único e artístico a um projeto de decoração, o que não acontece com móveis padrão e produzidos em massa.

Assim, o conceito de retrô continuará a crescer em popularidade, como o período Art Deco e os anos 80 juntos, onde a super-elegância se encontra e conecta com o pop explosivo!

Agregar móveis de família, madeira reciclada e tecidos de fibras naturais como o linho são apenas algumas das maneiras pelas quais podemos trazer elementos vintage e sustentáveis para nossos projetos.

Decoração Vintage

Mais Pode ser Legal

Nós adoramos o design maximalista não apenas por suas exuberância, mas também pela atitude! A impressão que um ambiente maximalista transmite é de que você pode simplesmente colocar um elemento a mais, independente da tendência, cor ou estilo e ele se encaixará perfeitamente ao décor porque no maximalismo MAIS é MAIS!

Passamos muito tempo vivendo sob forte influência da decoração minimalista que, convenhamos, hoje nos parece excessivamente estéril (já deu uma olhada na casa da Kim Kardashian-West?). Mas há alguns anos a idéia de Hygge veio tomando um pouco mais de corpo e os designers voltaram a abraçar o conforto emocional como um dos objetivos do projeto de design de interiores.

Hygge (se pronuncia ru-ga e não é uma tendência essencialmente maximalista) é a arte dinamarquesa de inspirar alegria e aconchego nos momentos cotidianos da vida, independentemente da estação ou hora do dia. Com o Hygge nos devolvendo a idéia de buscar conforto emocional nos ambientes, passamos a nos permitir experimentar com móveis, cores e peças de decoração que amamos.

Assim, o maximalismo significa envolver nossas casas com muitas referências que nos trazem sentimentos positivos. O designer de interiores mexicano Erick Millán também junta épocas distintas em seus projetos, mas com caráter exótico que vem da natureza.

“Preciso sentir uma conexão espiritual com cada cômodo e seu arredor”, diz ele.

maximalismo

Não há argumentos contra o fato de que a fase pela qual estamos passando neste ano de 2020 nos traz o imperativo de buscar ser feliz. Ambientes com muitos tons pastéis, móveis retos e paredes desnudas fizeram sentido no contexto da onda minimalista, impulsionada pela idéia de que nossas vidas são tão loucas e ocupadas que nossas casas não podem ter muitos estímulos. É por isso que todas as nossas escolhas das principais tendências em design de interiores de 2020 remetem à emoção e à expressão de sentimentos. Nossa casa precisa nos conectar com otimismo, mesmo que o mundo lá fora não esteja no mesmo compasso.

Somos uma plataforma digital de design e decoração de interiores que proporciona conveniência na contratação de um projeto de design de interiores 100% online ou com acompanhamento presencial.

Com uma forte influência em design europeu, na DESIGN Interiores temos vasta experiência em estilos contemporâneos e modernos, os quais combinamos com materiais e produtos brasileiros.

Todo o processo de trabalho com a DESIGN Interiores, seja ele virtual ou presencial, é elaborado para facilitar não apenas o projeto de design de interiores mas também a vida dos nossos clientes.

Precisa de ajuda para projetar sua casa, fazer sua reforma ou redecorar? Entre em contato conosco!

 

Leave a Reply